UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Cultura demite 65 músicos da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo


09/02/2017

A Secretaria de Cultura do Estadio de São Paulo, demitiu, nessa quinta-feira (9) 65 músicos que atuavam há mais de 30 anos na Banda Sinfônica do Estado de São Paulo. O motivo da demissão seria a falta de recursos do Governo para pagamento dos salários.

 

De acordo com Adelmo Ribeiro, presidente do Sindicato dos Músicos no Estado de São Paulo, entidade filiada a União Geral dos Trabalhadores (UGT) “a Secretaria da Cultura disse que a receita caiu e que não seria possível manter ou a Orquestra Jazz Sinfônica, ou a Orquestra do Teatro São Pedro ou a Banda". 

 

“São pessoas que terão muita dificuldade em encontrar outro emprego. Dependendo do instrumento que tocam, então, isso fica ainda mais difícil. É um mercado muito restrito. Poderiam tocar em bandas de casamento, por exemplo, mas nem casando as pessoas estão”, disse o sindicalista.

 

Desde setembro de 2016, o Sindicato vem promovendo manifestações e negociando diariamente com o governo para que isso não acontecesse. “No ano passado, fechamos acordo sem aumento salarial para evitar as demissões”, explica Adelmo.

 

Após um ato na Assembleia Legislativa de São Paulo, a banda conseguiu o recurso de R$ 5 milhões dos deputados. No entanto, em dezembro, a entidade foi informada pelo Instituto Pensarte, Organização Social da Cultura (OS) que fazia sua gestão, de que a banda acabaria e, hoje, 9 de fevereiro, as demissões vieram à tona.

 

“Não vamos desistir. Queremos que ao menos os músicos que estão em vias de se aposentar continuem. Além disso, estamos esperando um retorno do governo sobre uma carta do Colégio de Líderes. Essa resposta poderá reverter toda essa situação. Vamos aguardar”, finalizou Adelmo. 


Categorizado em: Geral,


logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.