UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Em reforma, governo estuda tributar mais a renda e menos o consumo, diz Padilha


10/02/2017

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou nesta quinta-feira (9) que a proposta de reforma tributária em gestação no governo deve prever um aumento da tributação da renda e ganhos de capital, e uma redução da tributação sobre o consumo.

 

De acordo com o ministro, o texto deve ser encaminhado ao Congresso até abril.

 

Na avaliação de Padilha, o sistema tributário brasileiro onera muito o consumo, o que, segundo ele, acaba fazendo com que os mais pobres paguem, proporcionalmente, mais impostos. O ministro classificou essa situação de “deformidade”.

 

“Nós tributamos muito o consumo e muito pouco a renda e os ganhos de capital. Nós temos que aprender a fazer como fazem os povos desenvolvidos: tributam mais a renda e os ganhos de capital e menos o consumo", disse Padilha durante evento em Brasília promovido pela Caixa Econômica Federal.

 

"Porque, o consumo, ele bate embaixo da pirâmide. Quem paga mais imposto no Brasil é o mais pobre. É uma deformidade que temos em nosso sistema e estamos trabalhando para ver o quanto nós vamos conseguir avançar na nossa reforma tributária já nesta direção, se possível”, declarou.

 

'Simplificação'

 

Ao final do evento em que estava, Padilha foi questionado sobre a proposta do governo a chamou de "simplificação tributária". Segundo o chefe da Casa Civil, o texto poderá ser enviado já em abril ao Congresso Nacional.

 

Ele acrescentou, porém, que o Planalto não quer "congestionar" a pauta do Legislativo, pois os parlamentares vão analisar, ao longo deste ano, as propostas de reforma da Previdência Social e trabalhista.

 

Na sequência, Padilha aproveitou para criticar o tamanho da máquina pública que, na avaliação dele, está "agigantada", se tornando uma "dificuldade" para o país.

 

"O principal responsável por nós termos tantas dificuldades hoje, por incrível que possa parecer, é a máquina do estado. O Estado ficou muito agigantado", disse.

 

Fonte: G1


Categorizado em: Geral,


logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.