UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Plenária em BH define estratégias para fortalecer a greve geral dia 28


17/04/2017

As lideranças sindicais, de movimentos sociais, populares e estudantis têm um dever de casa a cumprir nos próximos dias: bater de porta em porta - nas fábricas, escolas, universidades, igrejas, comunidades, associações de bairro, etc. 

 

O objetivo é convencer e convocar os trabalhadores, os amigos, familiares e a população de forma geral a aderir à greve geral nacional marcada para o dia 28/04, em protesto às propostas de reforma da Previdência e Trabalhista e a terceirização irrestrita. 

 

Neste período, reforçar também a panfletagem nos locais de grande concentração popular, assim como a divulgação nas mídias sociais e meios de comunicação alternativos. A orientação vale para a capital e para o interior do Estado. Até porque, muitos municípios estão se articulando para adesão ao movimento.

 

Onde houver possibilidade que sejam formados os comitês de greve para percorrer as regiões, em um trabalho contínuo de convencimento. Inclusive, tentar convencer as pessoas a boicotar o consumo neste dia e não saírem às compras.

 

Essas foram algumas das deliberações tomadas na Plenária Sindical, Popular e da Juventude realizada na manhã desta quarta-feira, 12/04, na Praça da Estação, no centro de Belo Horizonte, organizada pela UGT-MG, demais centrais sindicais mineiras e a Frente Mineira Popular em Defesa da Previdência Social.  

 

As entidades presentes fizeram um balanço das categorias que pretendem aderir à greve geral e traçaram as estratégias para os próximos dias, a fim de garantir o sucesso da mobilização.

 

Ato público unificado

 

Para dar visibilidade ao movimento, haverá um ato público unificado na Praça Sete, às 11 horas. A concentração, no entanto, começa mais cedo, a partir de 9 horas. Se houver mesmo a adesão do transporte público e coletivo, serão pensadas formas alternativas de deslocamento até o centro da capital.

 

Os dirigentes sindicais presentes na plenária estão otimistas com a adesão e o sucesso da greve geral, uma vez que a sociedade vem tomando consciência da gravidade das reformas em curso. Por outro lado, nunca o movimento sindical esteve tão unido em torno de um só objetivo: “nenhum direito a menos”.

 

O momento, portanto, é agora. Como bem frisou o secretário-geral da UGT-MG, Fabian Schettinni, tudo indica que esta greve vai marcar a história de Minas e do país. “O governo aposta na divisão e na fragilidade do movimento sindical, mas esta plenária, com a presença de todas as centrais, mostra exatamente o contrário. Estamos otimistas”, declarou.

 

Orientação da UGT-MG

 

Vale lembrar que a direção da UGT-MG encaminhou carta convocatória a todas as entidades filiadas, orientando-as a dar plena publicidade à greve, mobilizar suas bases e aderir à mobilização. Orienta, ainda, que os sindicatos fechem suas portas no dia 28/04, garantindo que seus dirigentes e funcionários participem de atos públicos, manifestações e protestos. 

 

Fonte: UGT Minas Gerais

 

 

 

 

 

 

 


Categorizado em: UGT - Minas Gerais,


logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.