UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Reformas: Bancários intensificam luta com marcha à Brasília


12/05/2017

As centrais sindicais confirmaram que irão promover uma marcha em Brasília, no próximo dia 24 de maio, contra as reformas da Previdência e trabalhista.

 

Tendo em vista a relevância da matéria, o Sindicato conclama os bancários para comparecerem às manifestações que acontecem em Brasília no próximo dia 24 (feriado em Goiânia). Visando garantir a participação dos bancários nesse ato de repudio às reformas, o SEEB-Goiás e a UGT-Goiás vão disponibilizar transporte para os bancários, cujas inscrições de interessados devem ser realizadas até o dia 19/05/17 (sexta-feira), junto ao Departamento de Comunicação (sindicato@bancariosgo.org.br, fone 62 3216-6504, com Jackeline). Os companheiros da Caixa Econômica Federal podem fazer suas inscrições na APCEF GO/TO (apcefgo@apcefgo.org.br, fone 62 3933-0950, com o presidente Chicão), enquanto os do Banco do Brasil podem inscrever com o Ivanílson (ivanilson@bancarios.org.br, fone 62 99926-7479).

 

Mas atenção, as vagas são limitadas e os dados exigidos pela empresa de transporte são o nome completo, numero da identidade (RG) e número do telefone de contato.

  

Reforma da Previdência

 

Texto passa em comissão da Câmara e segue para votação em plenário

 

A comissão especial da Câmara dos Deputados concluiu a votação do texto do deputado Arthur Maia (PPS-BA) nesta terça-feira (9) e aprovou a reforma da Previdência, após discutir propostas de alterações no texto. Agora, a próxima etapa é o texto ser votado em plenário.

 

Para a reforma ser aprovada e seguir ao Senado, o governo precisa de 308 votos a favor de 513 deputados, em dois turnos. Ainda não foi definida data para a votação.

 

Alterações

 

            Das dez possíveis alterações analisadas nesta terça,09, apenas uma foi aprovada, o trecho que retirava da Justiça Estadual a competência de julgamento para a obtenção de benefícios às pessoas que sofreram acidentes de trabalho. Assim, o julgamento de casos como esse permanecem, primeiro, na esfera estadual para só então ir à federal. Na proposta original, o relator excluía a Justiça Estadual de tal apreciação.

 

            O Sindicato dos Bancários de Goiás vê a reforma da Previdência como trágica. Presidente do Sindicato, Sergio Luiz da Costa afirma que a categoria bancária ombreada com as Centrais Sindicais e movimentos sociais irão dar a reposta aos parlamentares na rua e nas urnas.

 

            Hoje é possível se aposentar sem idade mínima, com tempo mínimo de 15 anos de contribuição. No texto aprovado pela comissão fica fixado a idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens, com 25 anos de contribuição.

 

Confira os deputados goianos que votaram contra os trabalhadores:

 

 

Alexandre Baldy (PTN-GO)

 

Giuseppe Vecci (PSDB-GO)

 

Magda Mofatto (PR-GO)

 

Thiago Peixoto (PSD-GO)

 

Veja o informativo Sindicato em Ação. 

Reforma Trabalhista


Categorizado em: Geral,


logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.