UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

UGT-Roraima vai agir por imigrantes venezuelanos


09/04/2018

No dia 4 de abril, o presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT) de Roraima, Fabiano Antônio da Silva Xavier, esteve na sede nacional da Central, em São Paulo, para discutir estratégias de ações pela cidadania dos imigrantes venezuelanos.

 

De acordo com a prefeitura da capital Boa Vista, atualmente, há cerca de 40 mil imigrantes na cidade.

 

Fabiano acredita que haja muito mais e que é urgente a necessidade de mais abrigos, campos com a devida estrutura, um hospital, além de emprego e, principalmente, segurança também para os moradores locais.

 

Segundo ele, em cada esquina de Boa Vista, há imigrantes segurando placas pedindo trabalho.

 

O dirigente se reuniu com Marina Silva, assessora para Relações Internacionais da UGT; Gustavo Garcia, coordenador de Projetos de Trabalho Decente da Central; Paulo Roberto do Nascimento, do IPROS; e  Layla Sueiro Lopes Silva, coordenadora do Trabalho Decente da Secretaria Estadual do Trabalho e Emprego de São Paulo.

 

A ideia é que a UGT converse com governos e empresários locais e desenvolva seminários de sensibilização nos sindicatos, além de cursos de qualificação para os imigrantes conseguirem ingressar no mercado de trabalho.

 

A Central pretende, ainda, em parceria com a Solidarity Center-AFL-CIO, realizar missões para visitar o local e vivenciar a situação de perto.

 

 

 

A caminho da cidade grande

 

Também hoje, a cidade de São Paulo começou a receber os 300 venezuelanos previstos para chegar esta semana. A prefeitura anunciou um que inicialmente a capital vai acolher apenas "adultos solteiros".

 

Os imigrantes vêm de Roraima, em um voo da Força Aérea Brasileira, e ficarão em dois Centros Temporários de Acolhimento - um em São Mateus, na zona leste, outro em Santo Amaro, na zona sul.

 

Na segunda-feira, 3, o prefeito João Doria reuniu representantes de empresas e líderes religiosos interessados em ajudar os venezuelanos. Doria mencionou uma empresa de telemarketing que precisa contratar pessoas com espanhol fluente e teria vagas para oferecer aos venezuelanos.


Categorizado em: Geral,


logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.