UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

SINTTEL-SC discorda da política de teletrabalho da Claro


10/06/2021

Durante reunião on-line, nesta terça-feira, 08, a Claro informou ao SINTTEL-SC e à FENATTEL sua política de teletrabalho. Os dirigentes do Sindicato demonstraram indignação em relação à atitude da empresa que implantou seu programa de teletrabalho, sem antes concluir as negociações com o SINTTEL-SC. 

Embora a empresa tenha levado em consideração diversos pontos apresentados pelo Sindicato em reuniões anteriores, como por exemplo, a ajuda de custa de R$80,00, que está sendo praticada desde 1º de junho (porém, o pleito do SINTTEL-SC foi de R$120), nossa indignação fica por conta das negociações que ainda não estavam concluídas.

A empresa ainda encaminhará ao SINTTEL-SC  a minuta do acordo de teletrabalho contendo as cláusulas do programa para que possamos analisar e homologar o documento.

O SINTTEL-SC também reivindicou a inclusão de cláusulas protetivas aos trabalhadores tratando de itens como, direito à desconexão, por exemplo. Ou seja, queremos uma política mais abrangente que inclua todos os trabalhadores que estejam na função, não apenas algumas áreas.

Também cobramos o pagamento retroativo da ajuda de custo para todos os trabalhadores que o programa abrangerá.

O SINTTEL-SC questionou a quantidade de trabalhadores que estariam envolvidos neste programa. Segundo a Claro, dos 100% de trabalhadores, apenas 20% estariam inseridos no programa de jornada em teletrabalho, e fariam jus à ajuda de custo. Os outros 80%, estariam atuando de forma presencial ou híbrida, ou seja, alguns dias presencial e outros em home office. Este grupo não terá direito à ajuda de custo.

Mediante reivindicações do SINTTEL-SC, a empresa fornecerá o “kit ergonomia e infraestrutura”. Além disso, a empresa também fornecerá a quantia de R$300,00, para compra de mesa, e R$350,00, para a compra de cadeira. Isso será feito por meio de um voucher fornecido em uma parceria da Claro com as Lojas Americanas.

Com relação ao PPR 2020, a diretoria do Sindicato também criticou a Claro por ter divulgado antecipadamente aos trabalhadores, ao contrário do que havia sido acordado entre as partes, que a divulgação seria simultânea. O SINTTEL-SC aproveitou para reivindicar e reiterar a necessidade urgente da abertura das negociações do PPR 2021.

A direção do Sindicato também cobrou da empresa a demora na implantação do convênio farmácia que seria em janeiro, depois a Claro adiou para maio e até o presente momento nada está resolvido.

De acordo com a empresa, a implantação não foi finalizada devido a problemas burocráticos da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) com o seu fornecedor.

Filie-se ao seu Sindicato, juntos somos mais fortes!




logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Formosa, 367 - 4º andar - Centro - São Paulo/SP - 01049-911 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2021 Todos os direitos reservados.