UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2

NOTÍCIAS

A terceirização pós-lei 13.429 e as relações de trabalho pós-reforma trabalhista são temas de seminário promovido pela UGT-MG.


21/06/2022

A União Geral dos Trabalhadores de Minas Gerais (UGT-MG), em parceria com a Federação dos Empregados em Turismo e Hospitalidade do Estado de Minas Gerais (FETHEMG), realizou, no dias 16 e 17 de junho, o seminário “As relações de trabalho pós-reforma trabalhista”.



“Foi um dos eventos mais participativos que já realizamos. Vamos levar todo esse aprendizado para casa, refletir sobre os ensinamentos que nos foram repassados e colocar em prática ações que nos possibilitem trabalhar cada vez mais em favor de nossos representados”, afirmou o presidente da UGT-MG e da FETHEMG, Paulo Roberto da Silva.



O evento contou com palestras do ex-procurador chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT), Antônio Curado Fleury; da procuradora do Trabalho do MPT-MG, Adriana Augusta Moura de Souza; da advogada e consulta jurídica Zilmara David de Alencar e do desembargador aposentado do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MG), Antônio Fernando Guimarães.



Também presentes o procurador do Trabalho do Paraná (MPT-PR), Alberto Emiliano de Oliveira Neto; o presidente do SIEMACO Curitiba e tesoureiro da CONASCON, Manassés de Oliveira da Silva.



No primeiro dia as discussões tiveram como foco "A terceirização pós-lei 13.429, de 2017”. Quase cinco anos depois, a terceirização ainda gera polêmica, questionamentos judiciais e discussões na seara trabalhista. O segundo dia foi dedicado às mudanças provocadas pela reforma trabalhista, (Lei 13.467, de 2017), tema que também continua gerando inquietações no movimento sindical e questionamentos na seara jurídica.



O presidente nacional da UGT, Ricardo Patah, enviou vídeo de boas-vindas ao seminário da Central Ugetista Mineira, exibido antes do início das palestras. Segundo ele, estamos em uma situação muito grave e é nesses momentos difíceis que precisamos buscar alternativas de superação.



“Eu tenho certeza que os debates e discussões vão nos mostrar caminhos importantes. Minas Gerais, mais uma vez, sai na frente. Parabéns, Paulo Roberto, e pode contar com a UGT que estaremos juntos para construir um novo caminho para o Brasil, do emprego, da inclusão social e da cidadania”, declarou Patah.


O seminário foi realizado no Hotel Diamantina, em Guarapari/ES, de propriedade do SINDEAC, sindicato que é também presidido por Paulo Roberto da Silva, dirigente da FETHEMG e da UGT-MG.