UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

UGT condena postura da BRA e lamenta omissão do governo


07/11/2007

A União Geral dos Trabalhadores - UGT condenou nesta quarta-feira (7), em São Paulo, a postura da BRA Transportes Aéreos que no dia anterior demitira sumariamente seus 1.100 funcionários, prejudicando cerca de 70 mil consumidores. Não podemos tolerar que disputas internas envolvendo acionistas, concorrência desleal entre as empresas do setor e omissão do governo federal acarretem demissões em massa e prejuízo aos consumidores e a toda a sociedade", afirmou o presidente da UGT, Ricardo Patah.

Para Ricardo Patah "é inadmissível que, após meses de crise área, que levou à substituição do ministro da Defesa e de toda a diretoria da ANAC, o Brasil ainda enfrente sérios problemas no setor aéreo".

"O ministro Nelson Jobim precisa sair da retórica e colocar em prática ações que ponham fim ao caos instalado na aviação civil. Ouvimos do ministro, no último dia 31, que pelo menos a questão da segurança já estava resolvida, mas, na prática, toda a população ainda se sente insegura diante dos trágicos acidentes que temos acompanhado nos últimos dias em vários segmentos da aviação nacional brasileira. Ademais, os atrasos e cancelamentos de vôos são constantes e a suspensão das atividades da BRA vai contribuir ainda mais para essa situação."

Segundo Patah, "a UGT tomará todas as medidas cabíveis para impedir que tanto os trabalhadores do setor da aviação civil quanto os usuários de transporte aéreo sejam prejudicados pela intempestiva decisão da empresa aérea"."


Categorizado em: UGT,


logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.