UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Terceirizados podem entram em greve no Piauí


04/12/2015

 

O Sindicato dos Empregados de Empresas de Asseio e Conservação do Estado Do Piauí (Seeacep), entidade filiada à UGT, denunciou que empresários querem parcelar o pagamento do 13º salário em oito vezes. Os servidores sofrem ainda com atraso dos salários e dos tickets de alimentação.  

 

De acordo com a presidente do Seeacep, Maria José Silva, representante das empresas procuraram o sindicato para um acordo de parcelamento para o benefício, alegando que o número de servidores é grande que os repasses também estão atrasados. “Eles querem justificar dizendo que são muitos trabalhadores e que a despesa é grande”, declarou. 

 

A primeira parcela, que deveria ser recebida em dezembro, não foi paga por nenhuma das empresas, além do atraso nos pagamentos, que em alguns órgãos chega a três meses. “Salario do mês passado, ticket e vale transporte, tudo atrasado”, disse a sindicalista. 

 

Em todo o estado, há 40 mil trabalhadores terceirizados efetivados em 16 empresas. “Se fizermos uma conta rápida, se cada um desses trabalhadores sustenta uma casa com quatro pessoas, são quase 200 mil prejudicados se a remuneração não for paga”, disse Celso Pinheiro, presidente da União Geral dos Trabalhadores no Piauí. 

 

“O sindicato não aceita isso, a categoria também não. Se isso acontecer, vamos fazer uma paralisação”. Diante da situação a categoria não descarta a possibilidade de greve. No próximo dia 09 de dezembro, será realizada Assembleia Geral na sede do Seeacep, para deliberar sobre o assunto. 

 

Fonte: GP1


Categorizado em: UGT - Piauí,


logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.