UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Nova York decide fechar escolas para conter novo surto de covid-19


19/11/2020

Nova York possui o maior sistema público de ensino dos EUA e atende mais de 1,1 milhão de alunos

 

 

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, anunciou nesta quarta-feira que as escolas públicas da cidade serão mais uma vez fechadas por causa do ressurgimento da covid-19.

 

Em mensagem postada no Twitter, De Blasio anunciou que a taxa de positividade - que mede quantas pessoas testaram positivo para a doença entre o total de exames feitos - chegou a 3% na média dos últimos sete dias.

 

Este foi o limite estabelecido pelas autoridades locais para retomar o ensino à distância caso Nova York fosse atingida por uma segunda onda de infecções por covid-19. Na última sexta-feira, De Blasio já havia alertado que poderia fechar as escolas se a taxa máxima fosse atingida.

 

“A cidade de Nova York atingiu o limite de 3% de positividade nos testes na média de 7 dias. Infelizmente, isso significa que os prédios das escolas públicas serão fechados a partir de amanhã, quinta-feira, 19 de novembro, em uma abundância de cautela. Devemos lutar contra a segunda onda de covid-19”, escreveu ele no Twitter.

 

Nova York possui o maior sistema público de ensino dos EUA e atende mais de 1,1 milhão de alunos. Ao reabrir suas escolas, a cidade adotou um modelo híbrido, em que parte dos estudantes continuou sob o sistema de educação virtual.

 

Fonte: Valor Econômico

 




logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.