UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

UGT repudia mais um ato violento contra povos indígenas


12/01/2018

Foi preso nesta sexta-feira (12), em Gaspar, no Vale do Itajaí, o suspeito de assassinar Marcondes Namblá, de 38 anos.

 

O professor indígena foi espancado no dia 1º de janeiro em Penha, no litoral norte, e morreu no dia seguinte em decorrência da agressão.

 

Segundo a Polícia Civil, Gilmar César de Lima confessou o crime, que, segundo ele, ocorreu por conta de uma briga envolvendo seu cachorro.

 

Namblá era do povo Laklãnõ-Xokleng, da Terra Indígena Laklãnõ, em José Boiteux, e estava pela primeira vez em Penha para vender picolés e complementar a renda. Imagens de câmeras de monitoramento registraram o momento em que ele foi agredido por um homem com um pedaço de madeira. O indígena foi atingido na cabeça.

 

Professor formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ele ensinava crianças de tribos indígenas na mesma escola onde aprendeu a ler. No ano passado, tornou-se juiz das terras indígenas.

 

Na quarta-feira (10), cerca de 200 indígenas do grupo Xokleng de José Boiteux fizeram uma cerimônia religiosa e um protesto em Penha contra o assassinato.

 

A União Geral dos Trabalhadores (UGT) repudia todo e qualquer tipo de violência.

 

Em relação, especificamente, aos povos indígenas, a Central possui uma Secretaria voltada exclusivamente à implantação de projetos sustentáveis de desenvolvimento, proteção e inclusão, por meio de debates, denúncias contra a violência, criação de uma rede de comunicação, entre outras ações.

 

No Tocantins, a UGT desenvolve o projeto “Ilha do Bananal – Desenvolvimento Local”, cujo objetivo é promover a capacitação da população indígena das etnias Javaé e Karajá, das aldeiasTxuiri e Canuanã, para que possa gerir seu próprio processo de desenvolvimento.

 

O projeto, que teve início em 2015, visa, ainda, à geração de emprego, trabalho e renda, contribuindo para a formação de uma comunidade autossustentável por meio do fortalecimento da cidadania e inserção socioeconômica no contexto da conservação ambiental e desenvolvimento sustentável. Trata-se de uma ação inédita no mundo sindical brasileiro. 

 


Categorizado em: Geral,


logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.