UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

MANIFESTAÇÃO DOS GUARDAS MUNICIPAIS E DEMAIS SERVIDORES AVANÇA A NEGOCIAÇÃO


25/10/2021

A manifestação dos guardas municipais em conjunto com a greve das demais categorias, encerrou-se no final da tarde de hoje (15/10), após reunião que ocorreu com representantes dos sindicatos e o Secretário de Governo, Luiz Fernando Jamur. Na reunião, a Administração se comprometeu em recompor os quatro meses de reajuste suspenso, de setembro a janeiro – quando os 3,14% devem ser retomados, juntamente com os reflexos financeiros, como proporcional em férias e décimo terceiro, no salário dos servidores da ativa e aposentados.

De acordo com o secretário de Governo, a estratégia jurídica para que isso ocorra está sendo construída pela PGM mas deixou claro que essa é a intenção da Prefeitura.

A mobilização dos servidores foi fundamental para que está reunião ocorresse, e a participacao dos guardas municipais foi extremamente significativa em relação as demais categorias.

A mobilização também conseguiu a promessa de que os sindicatos serão chamados para analisar qualquer alteração nos planos de carreira, antes que projetos sejam encaminhados pela gestão a Câmara Municipal.

Referente a negociação da Data base de 2021, os sindicatos devem receber um ofício em breve solicitando a composição da comissão de negociação para que sejam iniciadas as discussões ainda este ano. Porém, em virtude da LC 173/20, a Administração já informou que os efeitos financeiros dessa recomposição só serão implantados em janeiro/fevereiro de 2022, o que também está sendo estudado internamente.

A Administração informou na mesa de negociação que deve enviar os projetos de lei dos planos de carreiras dos servidores, em novembro para a Câmara Municipal, já que os planos estão congelados até dezembro de 2021.

O plano de carreira da Guarda Municipal é o único que foi implantado em sua totalidade, sua estrutura é sustentável e compatível com as atividades da Segurança Pública Municipal, temos que continuar na luta para sua manutenção na íntegra, defenderam os diretores do SIGMUC.

Reforma da Previdência Municipal: referendo popular

A reforma da previdência do município foi aprovada em primeiro turno de votação na Câmara Municipal nesta quarta-feira (13/10). O segundo turno deve ocorrer em até 10 dias após a primeira votação e o governo afirmou que, logo após sua aprovação, os projetos de lei complementares deverão ser encaminhados para apreciação dos vereadores. De acordo com a administração, o percentual de taxação dos proventos dos aposentados ainda está em discussão. Desta forma, os sindicatos alertam que a manutenção da mobilização das categorias é fundamental para barrar este confisco.

Durante a manifestação os sindicatos, em conjunto com o vereador Professor Euler, deram início à coleta de assinaturas para incluir a realização de um referendo no pleito eleitoral em outubro de 2022, onde a população curitibana escolherá se o Município adotará ou não, tal Reforma da Previdência. Para que isso, seja possível, são necessárias 65 mil assinaturas de eleitores curitibanos e, em breve, divulgaremos como cada guarda municipal poderá contribuir para reunir assinaturas de parentes, colegas e amigos por meio do aplicativo oficial ligado a Câmara.

Mais uma vez, ficou demonstrado que apenas a luta e a mobilização da categoria são capazes de mudar a realidade.

Apesar do desastre da reunião ocorrida na SMAP na última quarta-feira(13/10), onde a representação da categoria foi recebida com truculência e descaso, a luta e mobilização da categoria, resultaram em avanços na negociação na data de hoje.

Todo o sacrifício dos guardas municipais e demais servidores que embaixo de forte chuva, permaneceram firmes e determinados em demonstrarem seu descontentamento com a forma de condução dada pela SMAP naquela ocasião, valeu a pena.

Continuemos mobilizados para que as promessas sejam honradas.

Juntos somos mais fortes!




logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Formosa, 367 - 4º andar - Centro - São Paulo/SP - 01049-911 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2021 Todos os direitos reservados.